O doutor e o jagunço: ciência, mestiçagem e cultura em Os Sertões

Portada
Arte & Ciência, 2000 - 224 páginas
Esta releitura de 'Os Sertões' pretende mostrar que alguns dos princípios que guiaram a construção da obra de Euclides da Cunha, como a noção de oposição entre civilização e barbárie, continuam presentes na cultura e na produção intelectual do Brasil contemporâneo.
 

Comentarios de la gente - Escribir un comentario

No encontramos ningún comentario en los lugares habituales.

Páginas seleccionadas

Contenido

Nota prévia
9
Onde nasce a geografia
33
discurso da realidade?
77
Evolução e ética
141
O sertão vai virar mar o mar vai virar sertão
165
Conclusões Identidade versus Mestiçagem
201
Derechos de autor

Otras ediciones - Ver todas

Términos y frases comunes

Referencias a este libro

Información bibliográfica